domingo, 5 de maio de 2013

Aprendendo a ouvir


Dojo Kun Fonte: http://www.budo-kan.net


Anyhaseo
Lembro me de uma vez estar assistindo a um animê(desenho animado japonês) e em numa cena, um espadachim enquanto patrulhava a cidade falou: Estou sentindo cheiro de sangue. Na cena estava um espadachim que era procurado por ele, o mesmo estava com um corte na face o qual exalava o cheiro de sangue que ele sentia. Sem saber disso um espachim do mesmo grupo do primeiro lhe falou: Você anda matando muita gente e por isso esta sentindo cheiro de sangue em todo lugar.
O primeiro espadachim lhe responde e disciplina: Reuna seus pensamentos para depois transformar eles em palavras.
Esta história justifica bem o motivo que dei uma parada com o blog e há algum tempo não venho postando nada.
Saber ouvir é necessário para a construção de um artista marcial. Praticar o que se ouve é fundamental também.
Muitas coisas erradas ocorrem quando você não sabe ouvir. Entre elas as besteiras que podemos vir a dizer ou fazer por ansiedade ou simplesmente falta de disciplina.
Um dos príncipios do Karate diz :   
Hitotsu reigi o omonzuru koto (O Respeito acima de tudo).
Respeitar não quer dizer que você deva ser com mentiras que mestres picaretas falam.
Mas sim que deve respeitar a verdade, a justiça, seu Mestre e sua Arte.
E parte desse respeito é saber ouvir. Por isso ouça quem esta ao seu lado, ouça seu Mestre e seus Senpais. Opine quando for absolutamente necessário. Não abra a boca para tentar participar do grupo ou satisfazer seu ego, como muitos fazem.
Dizia minha mãe: Em boca fechada não entra mosquito.
Existe um trecho da Bíblia que fala: A boca fala do que o coração está cheio o coração.
Então esvazie seu coração do mal, do ego, da arrogancia, da leiguisse e de tudo que está ou que acha errado.
Sem querer pregar nada a ninguém, mas de uma limpada no coração. Ouça tudo e fale o que justamente será útil a todos.
Sem esquecer galerinha o sorteado do livro do Vitor Belfort foi o seguidor (e quase meu xará já que chamo David Antônio) do blog: DAVIDSON F . ANTONIO

Oss

David Mendes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário