sábado, 25 de fevereiro de 2012

A mais díficil das faixas


"Acredito em treinamento (seja ele físico ou mental) mais que em habilidades inatas. O Karate-Do (bem como a vida) nos dá muitas ferramentas e, mesmo que privados totalmente ou em parte de algumas, com treinamento, aperfeiçoando as que temos ou as que temos parcialmente, podemos superar nossas limitações".
Sensei Ennio Vezzuli

Uma vez meu mestre chegou ao Dojang (local de treino) e disse:
Sabem qual a mais difícil de todas as faixas?
A branca, pois você entra na academia sem ter a mínima noção do que é a arte realmente. Nomes de golpes, bases, saudações, regras e tudo.Depois a mais difícil será a preta pois nela você terá que provar que aprendeu tudo que lhe foi ensinado e esta pronto a iniciar o caminho das artes marciais.
Eu vs Artes Marciais
Uma das primeiras fotos treinando
Uma bela tarde de sábado no sofá de casa vendo uma luta de boxe me surpreendi ao ver ringue um lutador chamado Anderson “Pantera” Clayton e comecei a acompanhar regularmente suas lutas regularmente. Esperava as vezes sábado para ver as lutas dele.Quando não podia ver por causa do trabalho eu programava o antigo vídeo cassete para gravar e quando voltava do trabalho ia assistir suas lutas fantásticas.Quando tive uma idéia.Preciso aprender Boxe.Procurei muitas academias na época mas não achei nenhuma e o sonho ficou parado por duas ou quatro semanas. Minha irmã na época fazia Karate em uma academia da cidade.Mas sempre que eu falava em fazer Karate e em visitar a academia dela eu sentia que ela tinha um pouco de ciúme de sua arte e deixei quieto. Um belo dia estava jogando videogame e surgiu , durante uma horas de Tekken, a idéia de fazer Tae Kwon Do.Pelo que sabia era uma arte que usava bastante chutes o que me atraiu.Então decidi ir sair e ir para lan-house “caçar” uma academia na cidade. Depois de muita procura acabei me decidindo por uma das duas que achei no centro da cidade e como saia do trabalho de madrugada (as 4 para ser mais exato) decidi esperar um pouco para fazer minha visita a tal academia.Cheguei umas 8 horas da manha lá mas estava fechada.Um senhor oriental estava na porta e eu perguntei que horas começava a aula e ele me falou que subisse e pegasse um cartão para poder ver os horários.De posse do cartão que tinha o e-mail do mestre entrei em contato com ele e marquei de ir lá.Estava tão decidido (não creio em palavras gosto de tomar atitudes) de que queria treinar Tae Kwon Do que nem pensei na primeira aula grátis.Eu simplesmente peguei a mensalidade e fui lá.Se não me engano era uma quinta ou sexta feira.Passei e paguei a mensalidade e nem fiz a aula e de lá fui para igreja.No outro dia de aula voltei e treinei e por mais que eu tivesse limitações um pensamento me acometia.Disso eu não vou desistir.Por mais que eu pare que a vida me pare ou que situações venham a tentar me parar eu não vou deixar de ser praticante desta nobre arte trazida lá da Coréia chamada Tae Kwon Do.E foi assim que eu entrei no mundo das artes marciais.
Neste renascimento do meu blog desejo que venhamos a aprender e compartilhar sobre a vida e também sobre Artes Marciais



David Mendes 6º gup Tae Kwon Do e 7º de Karate Shotokan

Sobre o blog e agradecimentos

Agradecimentos a Deus ao Mestre César de quem eu desejo ser não aluno mais discipulo a vida toda.FALCÕES!!!.Ao Sensei Vanderlei por compartilhar seu Karate comigo e ao meu Senpai Ricardo por incentivar minha busca por uma arte sem mitos e mais objetiva.E a todos e dizer que estou feliz em voltar a escrever e com a mudança do meu blog e em segundo lugar eu quero dizer que as opniões que compartilharei são minhas e no caso de erros estes devem ser creditados a mim e não a minhas academias ou quaisquer outra pessoas.
Postarei alguns dos textos do blog antigo mas tentarei organizar melhor ou revisa-los

Deus abençõe a todos e obrigado pela visita.




David Mendes 6º gup Tae Kwon Do e 7º de Karate Shotokan